sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

devir-beleza

depois da menarca...desabrochou...tornou-se. outros...agenciamentos, nossos encontros, conexões!           "É possível que a amizade se nutra de observação e de conversa, mas o amor nasce e se alimenta de interpretação silenciosa"...dizer aquilo ao aquilo outro, despedaça a timidez...
mas cria o desejo de despertar algo melhor! Sede feliz...crede na silenciosa...amorosa solidão nos nos percalços.
Foge, finja, franja, dobre, mas não negue a cada instante e tenra fluidez dos nossos interstícios.






...é o meio do devir-amizade, é esta a beleza...

Um comentário:

  1. ouve aí um con-tato

    http://www.youtube.com/watch?v=8mQ4reLS8Lo&ob=av3e

    um som assim sem barreira.

    bju

    ResponderExcluir