terça-feira, 20 de setembro de 2011

Por vir, devir-complicado

O Por vir está sempre aqui em devir. Sugestiva são as palavras quando nos falta fôlego pra começar algo que já está no começo, que dura no tempo. As imagens que sempre olhei para/com os sujeitos fraternais mudam (devir-mudança,rs!), mas o Por vir que dura na coexistência, pois não dá pra pensar separada é angustiante, é incerto. O que é complicado? Ser, perceber, sentir, degustar as mesmas coisas quando não percebemos tempos de mudança, quando a mudança, a incerteza são fatores seguros do vir a ser diário!
Muita calma pois nada será sempre igual.

Me deêm uma imagem de vocês!

A minha é: