terça-feira, 22 de março de 2011

Organização entre as palavras e as imagens - dizer profético

DIZER PROFÉTICO DA IMAGINAÇÃO

Parece que os outros querem nos incutir uma forma de desejo desconfortante do CAOS!
Estes outros estão indo embora e o desconforto do caos para nosso senso comum também está indo embora. A palavra de ordem é ordem e da desordem nasce organização. Este é a aproximação da perfeição inexistente do mistério ontológico!!!
Como diria Nietzsche, vamos todos nos tornar mestres...sejamos nossos mistérios. Sejamos CAOS.


MAIS IMAGENS


SEM RECEIOS E RESSENTIMENTOS.

quinta-feira, 17 de março de 2011

De volta ao caos

Antes de mais nada, o estar de volta é o mesmo que sempre estar presente.
Um vez que estive virtual aqui na atualização da internet. O caos é assim, sempre em potência, sempre virtual, sempre próximo. Ou melhor junto e misturado.

Nunca soube no que isto iria parar, já falaram de Rimbaud, de miudezas epistemológicas, enquanto o que gostaria de ressoar era intensamente e puramente o nada. O nada das palavras, das imagens, o vazio cheio de dinâmicas do caos, das poesias rimadas de coisas concretas, dos antagonismos, das ambivalências e descuidos...dos erros e acertos das verdades e (in)verdades, de potências falsos.
Continuarei assim...vez ou outra, sempre imagens!

Dica: http://vimeo.com/5699400