domingo, 14 de novembro de 2010

Palind...dro...image

o universo de imagens

Agora neste exato instante que foi ontem é hoje e amanhã é único. De que serve servir às imagens e as pessoas-imagens?
Agora estamos todos no anseio da fama-imagem e minha presença no passado cansa-se a cada instante, ou seja, no amanhã também. Que tal se buscarmos não mais a compreensão e as imagens?
Convido a todos a um brinde! de tantos e tantos que se anulem no infinito. chega de cansaço! chega de tantos e tantas, busque mesmo só as aparências.

Que que isso tudo quer dizer...são no fundo as mesmas imagens!